quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Os socialistas estão livres para enfrentar o PMDB?


O governador de Pernambuco e presidente nacional do PSB, Eduardo Campos, não é de dar ponto sem nó. A sua declaração ao jornal sergipano Cinforme, de que o espaço que o PMDB tem no governo da presidente Dilma Rousseff (PT) é maior do que a sua importância na sociedade, parece ter soado como o sinal de start para que os seus correligionários assumam um discurso que estava entalado na garganta de muitos aliados da petista. Ontem (30), os senadores socialistas divulgaram nota solicitando que os peemedebistas indiquem um nome diferente do alagoano Renan Calheiros para a disputa pelo comando da Casa Alta. Esse grupo de parlamentares sabe que não haverá recuo e, por isso, estará livre para apoiar ou preparar uma postulação alternativa.


Os socialistas estão livres para enfrentar o PMDB?

Nenhum comentário:

Postar um comentário