quarta-feira, 13 de março de 2013

Último presidente da ditadura militar argentina condenado a prisão perpétua - SIC Notícias

A justiça argentina condenou hoje a prisão  perpétua Reynaldo Bignone, o último presidente da ditadura militar (1976-83),  por crimes contra a humanidade cometidos no centro clandestino de Campo  de Mayo. 





Último presidente da ditadura militar argentina condenado a prisão perpétua - SIC Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário